_____

Dieta pró-memória


domingo, 16 de maio de 2010

Se você esquece mais de cinco vezes por dia os nomes das pessoas mais próximas do seu círculo social, é sinal de que suas funções cerebrais estão precisando de uma boa turbinada. É o seu caso? conheça o menu que vai dar aquele 'up' na sua memória e, de quebra, detonar 6 kg num mês

Por Gabryel Weikamp
Não são só os bíceps, tríceps e glúteos que precisam ser exercitados. Assim como esses músculos, a parte mais complexa do corpo – o cérebro – também precisa de atenção redobrada. Isso porque ele é a principal ferramenta do organismo. Segundo o psicólogo Luis Fernando da Silva, de São Paulo, este órgão representa 2% do peso do corpo, tem mais de 100 bilhões de neurônios e comanda os atos voluntários e involuntários, dentre outras importantes funções.

Mais: uma mente saudável proporciona equilíbrio, bemestar e qualidade de vida. “Retire algumas horas da semana para fazer aquilo que realmente traz satisfação, pois, não basta apenas cuidar da saúde do corpo se a mente estiver cansada e cheia de problemas. Chame as amigas para um bar, vá ao cinema ou teatro, saia para dançar ou procure atividades que proporcionem prazer e relaxamento. Sua cabeça vai funcionar a pleno vapor e seu rendimento estará sempre renovado”, resume o especialista.

O que há? Você anda tendo uns “brancos”? Preste atenção: este é um dos primeiros sintomas de que anda com a memória curta. Mas calma lá: é possível, sim, reverter esse quadro mexendo inicialmente na alimentação. A pedido da Dieta Já! a nutricionista Carolina Carnevalli preparou um cardápio de 1.200 kcal/dia à base de frutas, verduras, legumes, leguminosas, cereais integrais e oleaginosas – todos recomendados para o fortalecimento da mente. “Tais alimentos são fontes de nutrientes importantes para a saúde cerebral”.

O neurologista Cícero Galli Coimbra, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), aprovou o cardápio e acrescentou, ainda, outro importante aliado: a colina – micronutriente derivado de um aminoácido encontrado na gema de ovo, que estimula a atividade cerebral e é benéfico para a memória. “O ovo participa da formação de novos neurônios e repara as células cerebrais avariadas”.


O segredo é seguir esse cardápio à risca aliado à prática de atividade física. Com essa combinação é possível perder até 6 kg – 1,5 kg por semana. Uma dica: para acelerar o metabolismo é importante seguir os horários – comer de 3 em 3 horas – e se hidratar. “Assim, não só a memória vai funcionar a mil, mas o corpo todo”, resume a nutricionista. Animou? Não pense e comece rapidinho essa dieta!




O cardápio poderoso que vai “fazer” a sua cabeça

Elaborado pela nutricionista Carolina Carnevalli, esse menu de 1.200 calorias diárias fortalece sua mente e ainda dá aquela forcinha na missão "reduzir medidas"

(Clique para Ampliar)

Mitos e verdades
sobre a memória


Quem dorme bem, lembra mais.
VERDADE - É no período de descanso que o cérebro realiza a transferência da memória para uma área chamada de hipocampo. Portanto, quem não dorme bem, tem menos chance de preservar as lembranças.

Ginkgo Biloba previne perda de memória.
MITO - Alguns estudos têm demonstrado que a erva tem algum efeito positivo na capacidade de relaxamento dos vasos e viscosidade do sangue. Entretanto, pesquisas clínicas não têm conseguido demonstrar efeitos positivos sobre o cérebro.

Tomar medicamentos melhora a memória.
MITO - Ao contrário, tranquilizantes, hipnóticos e antidepressivos podem prejudicar a memória. Quem toma esses remédios e nota dificuldades de memorização, precisa conversar com o médico e fazer as devidas substituições.

Obesidade prejudica a memória.
VERDADE - Excesso de peso e os males diretamente relacionados a ele – entre eles o AVC –, prejudicam a circulação cerebral e ainda inibem uma proteína que caracteriza o aparecimento do mal de Alzheimer.

Uma bebedeira detona inúmeros neurônios.
MITO - É fato que o álcool se infiltra, pela corrente sanguínea, nas células do sistema nervoso central, provocando um efeito inibidor e causando uma “amnésia” – resultado de uma intoxicação intensa e de falta de concentração. Mas não chega a matar neurônios.

Atividade física estimula a memória.
VERDADE - Exercitar-se regularmente é uma medida que combate os esquecimentos que atrapalham a rotina. Os exercícios ajudam a prevenir as complicações decorrentes da obesidade e melhoram a circulação cerebral.




Memória turbinada depende do que você coloca no prato

O cérebro produz 3 mil neurônios por dia e boa parte deles está atrelada a uma alimentação correta. sim, já está comprovado que ela tem efeito sobre as funções cerebrais. acompanhe agora quais são seus grandes “amigos” e “inimigos”





Malhação Cerebral


Faça exercícios para manter a cabeça tranquila, livre do estresse e dos pensamentos negativos. De quebra, garanta uma memória afiada

Sim, é possível produzir novos neurônios e estimular as conexões cerebrais com atividades físicas como simples caminhadas diárias. convém lembrar, no entanto, que o cérebro tem idade e, ao longo do tempo, vai sofrendo as mesmas consequências pelas quais passam o corpo. “portanto, é bom incorporar à sua rotina algumas mudanças no estilo de vida. anotar tudo e utilizar uma agenda para marcar os seus compromissos é um exemplo delas. Fazer lembretes e colálos no computador ou geladeira também funciona”, recomenda a fonoaudióloga especializada em déficit de atenção, ana Maria alvarez, que sugeriu mais estes exercícios fortalecedores de memória:

* Coloque três moedas em um saco plástico, misture-as e tente descobrir o valor de cada uma delas pelo tato.
* Faça testes com você mesma quando estiver vendo a novela. por exemplo: veja quantas mulheres estavam com vestido azul ou amarelo. Tente lembrar uma hora depois. É simples e eficaz.
* No trânsito, observe quais carros estão à sua frente, atrás ou ao lado. quando estiver parada, feche os olhos e tente resgatar a cena. ➺ crie três colunas com 15 palavras cada uma. Leia as sequências e depois as repita na ordem inversa.
* Onde você estiver, veja cinco objetos azuis que cabem no seu bolso e cinco vermelhos que não cabem.



Fonte: Revista Dieta Já

- -

3 comentários:

ligadona disse...

Adorei!! Adoro ler coisas sobre a memória porque eu estudo demais! hehe...
=1

iany disse...

adoreiiii era tudo que eu estava procurando pois na minha gravidez engordei 25km.obg espero que me ajude muito...

Anônimo disse...

No momento estou fazendo uma dieta que achei na internet e estou na 3 semana com resultado bastante satisfatório. Segue o site da dieta para quem se interessar:
http://www.dietasbrasil.com/dietaquefunciona/